Memorial do 11 de Setembro e World Trade Center

O Memorial do 11 de Setembro (National September 11 Memorial) é um dos locais mais impressionantes de Nova York. Está localizado onde antigamente se situava o World Trade Center (WTC), um complexo de 7 edifícios que abrigavam mais de 5.000 empresas e escritórios.

onze-setembro-01-gde-original

Foto: veja.com

Após o atentado de 11/09/2001, que derrubou as torres 1 e 2 do complexo e danificou severamente as outras 5, o local foi revitalizado e transformado em um grande memorial a céu aberto, que se tornou um dos pontos turísticos mais procurados da cidade. Hoje conhecido como Ground Zero (“Marco Zero”), ele é composto por duas enormes cascatas (South e North Pool) construídas no exato local onde ficavam as duas torres principais do WTC, e que representam as eternas lágrimas em memória às vidas perdidas.

img-20151204-wa0038-1

O contorno das cascatas é inteiro feito de bronze e possui os nomes das (cerca de 3.000) vítimas dos atentados – tanto as que estavam nos prédios quanto as que estavam nos aviões.

O memorial é um lugar lindo, arborizado e foi construído com o objetivo de transmitir paz e esperança aos moradores da cidade. Mas, sinceramente, o lugar também é triste, tanto pela tragédia do que aconteceu, como a tristeza das famílias que perderam parentes e amigos num atentado como esse. Muitos nova-iorquinos passam pelo lugar para refletir e rezar pelas pessoas que se foram naquele dia. É possível notar o respeito e a conexão que a maioria dos visitantes tem com esse lugar. O silêncio é notório, nem parece que você ainda está na loucura que é Manhattan.

20161114_142244

Já parou para pensar no terror que deve ter sido este dia? NY sendo atacada em seu coração financeiro, por onde passa a riqueza do mundo. Uma cidade onde constroem seus intocáveis arranha-céus e de repente as torres gêmeas se tornam a maior cicatriz da cidade e dos EUA. Não tem como visitar o memorial e não refletir.

20160312_123521.jpgMas apesar de tudo isso, o memorial também lembra de como a nação superou o trauma dos atentados através de um símbolo único e poderoso: o One World Trade Center ou “Freedom Tower”. Hoje, é o principal edifício do novo complexo do World Trade Center que contará, na verdade com outros três edifícios de escritórios que ainda estão em construção.

Após os ataques do 11 de Setembro, levaram mais de um ano e meio para limpar todos os destroços deixados pelos edifícios que entraram em colapso. Em 2003, houve uma competição para redesenhar um novo complexo no World Trade Center e foi então que Daniel Libeskind venceu. A One World começou a ser construída em 2006 e a princípio o nome seria Freedom Tower (Torre da Liberdade), mas em 2009 resolveram alterar seu nome para One World Trade Center.

gopr0730_1455386807985_low

O edifício, inaugurado em 2014, é o mais alto de Nova York e um dos maiores do mundo. Incluindo sua proeminente antena no topo, sua altura atinge 541 metros divididos em 104 andares e sua base tem o mesmo tamanho das torres originais construídas na década de 1970. E os 541 metros não são por acaso: convertidos em “pés” (ou “feet”, medida de comprimento americana) equivalem a 1776, simbolizando o ano em que os Estados Unidos declararam sua independência.

No topo, há um deck de observação (One World Observatory) é aberto para visitação e proporciona a vista aérea mais linda da cidade. Sugiro, aliás, você subir no final da tarde pois o pôr-do-Sol é espetacular!

img_20151203_160318

img_20151203_161147

O preço da visita ao One World Trade Center varia de acordo com a idade. Crianças até 5 anos não pagam. De 6 a 12 anos pagam U$29. De 13 a 64 anos pagam U$35 e a partir de 64 anos pagam U$33.

Sei que não é um passeio barato, mas vale muito a pena. Além de toda a história que tem, esse prédio é o mais alto de NY e a vista lá de cima é maravilhosa. Desde a hora em que você entra no elevador já vale a pena, pois suas paredes são revestidas com telas de LED e transformam a viagem até o topo em uma viagem no tempo! Aliás, já falei que é um dos elevadores mais rápidos do mundo? Ele sobe 102 andares em 90 segundos. Chegando lá, tem uma apresentação IN-CRÍ-VEL que dá até uma emoçãozinha rs, e só depois é que você realmente vai para a parte do observatório. Realmente vale muito a pena. Não deixe de ir.

O restante da visita ao memorial é grátis e ele fica aberto todos os dias do ano, das 7:30 hs as 21:00 hs.

20161114_143453

Outra atração imperdível localizada no memorial é o Museu do 11 de Setembro (9/11 Memorial Museum), que fica entre as duas cascatas. Por fora é bem bonito, tudo parece novo como antes, mas por dentro ainda pulsam as lembranças do maior atentado sofrido nos EUA. O museu se estende por 4 andares no subsolo que levam você até as fundações originais das antigas torres, e mostra de perto a destruição daquele dia e histórias reais de quem escapou da morte por muito pouco. Também tem vários objetos pessoais como: sapatos, crachás, bilhetes etc, que foram encontrados nos escombros. Não é um passeio fácil de fazer, mas é muito interessante, porque muitos de nós presenciamos este dia, muitos sabem exatamente o que estavam fazendo ou onde estavam quando ouviram a notícia. Além disso, leva você por uma linha do tempo que mostra minuto a minuto tudo o que aconteceu naquele 11 de setembro.

gopr0272_1450814251909_low

Uma das partes mais emocionantes é ver a última viga resgatada dos destroços de uma das torres, que foi devolvida ao local como forma de honrar aqueles que por anos trabalharam no salvamento, limpeza e reconstrução do maior símbolo americano. É também possível ver as paredes originais construídas na década de 1970 para proteger as fundações das torres contra uma possível invasão de água do Rio Hudson.

gopr0264_1450814281247_low

gopr0271_1450814299536_low

O museu funciona de domingo a quinta das 9hs às 20hs e de sexta e sábado das 9hs às 21hs. O ingresso (não é barato) custa U$24 e pode ser comprado na hora. Normalmente as filas são grandes. Se preferir dá para comprar pelo site: no https://www.911memorial.org/

Todo ano na data de 11 de setembro, são feitas várias homenagens para as vítimas e suas famílias. Além de minutos de silêncio, os nomes de todas as pessoas que morreram são lidos por seus parentes. Muitas pessoas colocam flores nos nomes escritos em volta das cascatas e uma luz infinita simboliza as antigas torres.

gopr0545_1473638691069_high

20160911_204237

Por fim, chegamos à última – e mais nova – atração do novo World Trade Center: o Shopping Westfield, que também é chamado de Oculus. Foi inaugurado em Agosto de 2016, e sua inauguração contou com um show surpresa de John Legend! É o maior shopping center de Manhattan, com 34.000 metros quadrados e cerca de 100 lojas.

20161114_134512.jpg

Sua arquitetura é maravilhosa. De fora parece um pássaro e se você estiver dentro dele no piso térreo (bem no meio) e olhar para cima, verá o One World direitinho.

20161114_142818.jpgO shopping tem lojas como: Kate Spade, Dior, Apple Store e muitas marcas de roupas como Banana Republic, H&M, Hugo Boss e Forever 21. Ainda farei um post só do shopping para vocês 😉

Para chegar ao Memorial do 11 de Setembro, o caminho mais fácil é o metrô e as opções são várias. Pela linha verde (4 ou 5), desça na estação Wall Street. Pela linha vermelha (2 ou 3), desça na estação Fulton Street. E pela linha azul (A, C ou E), desça na estação Chambers Street.

Aproveite!

Um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.